A Sobe Sapo no Festival Mata D’Aire

Em Mira de Aire é verão ano sim, ano não, à semelhança do que acontece de dois em dois anos, a icónica festa da vila regressou nos dias 12, 13 e 14 de julho, no Chão da Aberta.

O Festival Mata d’Aire nasceu em 1996, organizado pela MataJovem – Associação Juvenil em Meio Natural, e tem, já há 24 anos, um papel muito importante na dinamização de atividades lúdicas e culturais, não só para os jovens da Vila de Mira de Aire, mas para toda a população da região no geral.

É com este objetivo bem definido, e procurando sempre promover a divulgação e preservação do parque natural, e manter a tradição juvenil mirense bem acesa, que o festival regressou para mais uma edição com muita irreverência.

A edição de 2019 do Mata d’Aire foi concebida com base na ecologia e sustentabilidade, apostando no “adeus” ao descartável como primeiro sinal dessa mudança. Mudança essa que já valeu ao festival o Selo de Eco-Evento atribuído pela Valorlis.

Da programação de 3 dias de festival fez parte atividades radicais; caminhadas e passeios pelo polge; jogos tradicionais e diversões infantis; exposições; demonstrações e espetáculos;  workshops; aulas abertas e ciclos de conversas; e ainda várias atuações musicais, com destaque para o concerto do rapper português Papillon.

A Sobe Sapo pela primeira vez,  marcou presença neste festival assegurando animação com as pinturas faciais e atividades radicais, com a torre de multiatividades e a o circuito móvel de arborismo.

WE MAKE FUN!


Partilha: Facebook Twitter Pinterest Google Plus StumbleUpon Reddit RSS Email

Notícias Relacionadas

Commentários fechados.